Orkut    Siga-nos no twitter  Assine o RSS


 

News

Home » Conservação e eficiência energética

Eficiência: arma contra a crise
14/01/2010 - WEG EM REVISTA

Clique na imagem para ampliar

Eficiência: arma contra a crise

 
Equipamento com ímãs permanentes e grande eficiência energética foi o escolhido para fazer parte de projeto inovador da Bunge Alimentos.

A sustentabilidade faz parte do dia a dia das empresas que valorizam seus produtos, colaboradores, consumidores e toda a sociedade em que está inserida. Por isso utilizam equipamentos de alta geração, econômicos e que respeitam o meio ambiente, como o Wmagnet,
da WEG. Compartilhando este pensamento e considerando como pilares da sustentabilidade o desenvolvimento econômico e social e a responsabilidade ambiental, a Bunge Alimentos adquiriu da WEG 24 motores dessa linha. Eles passam a fazer parte da nova fábrica da empresa, destinada à extração de óleo de soja, na cidade de Nova Mutum, no Mato Grosso. “O foco da Bunge é inovar, e Nova Mutum é um projeto inovador, tanto na parte de automação como na do processo. Sendo assim, não poderíamos deixar de fora o foco da atualidade no mundo que é a eficiência energética, por isso optamos pelos motores Wmagnet. Com a curva de rendimento diferenciada ganhamos em eficiência, menos consumo de energia e mais economia”, explica Leandro Yamashita, engenheiro de Projetos da Bunge.


Menor custo
A escolha dos equipamentos de um grande empreendimento como o da Bunge envolve muito cuidado. Cada detalhe pode fazer grande diferença na ponta, chegando até a inviabilizar parte ou todo um projeto. “Quando fui chamado para o projeto de Nova Mutum, nosso gerente nacional (Rubio Muller) me disse a seguinte frase: ‘Quero que essa fábrica seja a mais moderna da Bunge, com padrão de automação e controle ainda não utilizados em fábrica de esmagamento de óleo’. Esta frase soou como um grande desafio”, conta Leandro. Segundo ele, várias pesquisas e visitas foram feitas para definir o que seria considerado como padrão na nova fábrica. “Fizemos um estudo de viabilidade do projeto com motores Wmagnet e comprovou-se que ele era completamente viável”, resume. O consumo inteligente de energia vinha à frente desta escolha, como ressalta Roberto Lucio Cervieri, gerente de Projetos da Bunge: “Optamos por motores Wmagnet porque buscamos para Nova Mutum uma eficiência energética diferenciada”. Mas não é apenas a questão da economia de energia que pesa na escolha dos motores de ímãs permanentes Wmagnet. Eles são motores síncronos com ímãs de alta energia no interior do rotor, resultando em características diferenciadas. De acordo com o gerente de Vendas da unidade de Motores da WEG, Ademar José Marcarini, “no custo-benefício de sua aplicação também está o aumento da vida útil – tanto do motor quanto dos equipamentos da planta completa –, maiores níveis de rendimento do mercado, vibração e ruído mais baixos, menor peso (36% em média) e menor volume (47% em média) que motores comuns”. O Wmagnet atende várias aplicações como compressores, elevadores, bombas centrífugas, ventiladores, exaustores, esteiras transportadoras, veículos elétricos e outras. Eles são acionados apenas por uma linha de inversores de frequência desenvolvida com software específico para esta função. “Esse motor é realmente uma inovação tecnológica”, completa Leandro.

A Bunge
A hoje multinacional Bunge surgiu em Amsterdã, na Holanda, em 1818. Atualmente está presente em 450 localidades em 32 países, com sede em White Plains, no estado de Nova Iorque (EUA). As quase 138 milhões de toneladas de produtos movimentados no ano de 2008 levaram a empresa a um faturamento anual superior a US$ 50 bilhões. No Brasil, a Bunge está presente desde 1905 e é uma das principais empresas de agronegócios e alimentos do País, presente em mais de 16 estados com 300 instalações, entre fábricas, portos, centros de distribuição e silos. A Bunge Alimentos tem sede em Gaspar/SC e é líder na comercialização de grãos e produtos alimentícios, além de fornecer farinha de trigo e pré-misturadas para o setor de transformadores (indústrias alimentícias, panificação etc). O município de Nova Mutum, onde está a nova unidade
processadora de soja da Bunge Alimentos (que tem em sua planta os motores Wmagnet), fica a 264 km ao Norte de Cuiabá/MT. A fábrica terá capacidade para processar quatro mil toneladas de soja por dia, o que irá representar em torno de 1,2 milhão/ano.





“Optamos por motores Wmagnet porque buscamos para
Nova Mutum uma eficiência energética diferenciada.”
Roberto Lucio Cervieri, gerente de Projetos da Bunge


Início | Parceiros | Produtos | Motores » | Automação » | Energia » | No-Breaks » | Safety » | Solar | Serviços | Confraria Elétrica | News | Galeria | Media Center | Responsabilidade | Dicas-Blog | Mapa do Site | Downloads | Política de Privacidade | Contato
Marcus Representações Ltda.
Rua Almirante Barroso 587/306, 90220-021, Porto Alegre/RS
e-mail: sulweg@motoreletrico.net
Todos os direitos reservados 2019 - Marcus Representações Ltda
Fone: (51) 30262026